Fábricas estelares foram mais produtivas no passado

0

Não existe nada como uma pergunta “estúpida”. Algumas das perguntas mais simples tem as respostas mais interessantes. Por exemplo: por que é o espaço negro? Para responder a esta pergunta, temos de olhar para as distâncias entre as estrelas, a velocidade que a luz viaja e como o Universo está se expandindo o tempo todo.

Astrônomos usando telescópios do ALMA têm tentado responder a sua própria pergunta “estúpida”: Por que nascem mais estrelas numa galáxia do que outra? À primeira vista, a resposta parece óbvia – galáxias maiores têm mais gás cósmico, deste modo mais estrelas vão nascer nelas do que nas menores. Afinal, o gás cósmico é o principal ingrediente necessário para formar estrelas.

Embora isto seja verdade a maior parte do tempo, ele não é uma regra absoluta. Cientistas usando o telescópio ALMA acabam de descobrir que, mesmo com a mesma quantidade de material para formação de estrelas, galáxias no passado distante formavam um número muito maior de estrelas. Bilhões de anos atrás, as galáxias eram simplesmente mais produtivas.

A galáxia em que vivemos (chamada Via Láctea) normalmente faz uma nova estrela por ano. No passado, algumas galáxias poderiam criar algumas centenas de estrelas a cada ano!

Os astrônomos ainda não sabem por que essas galáxias iniciais foram mais produtivas, mas parece estar relacionado com as colisões cósmicas. As galáxias eram muito mais propensas a colidir umas com as outras no passado (havia menos espaço e galáxias eram maiores), o que poderia ter tido o efeito de arrastamento de mais estrelas nascendo.

Fato:
As primeiras galáxias começaram a se formar mais de 13 bilhões de anos atrás! Isso não é muito tempo depois do Big Bang!

Fonte/Divulgação: http://unawe.org/kids/unawe1602/ Tradução/Revisão: Douglas Ferrari

Douglas Ferrari

Presidente/Fundador | Desenvolve atividades de Divulgação e Educação Científica, é Coordenador do UNAWE Brazil (SC region), da Universidade de Leiden, Holanda. Ex-Acadêmico de Física e atual Acadêmico de Sociologia.

Leave A Reply

Compartilhe!

Compartilhe este post com seus amigos!